Filme | Saramago e a cegueira de cada um de nós.

"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara." José Saramago - Ensaio sobre a Cegueira.

Saramago era um dos meus autores preferidos (pelo simples fato de ser autêntico, eu sempre prefiro as pessoas autênticas à aquelas que querem apenas agradar) e pela qualidade e profundidade dos seus textos. As suas palavras incomodam, o tanto quanto precisamos ser incomodados, porque tapinha nas costas não nos faz crescer.

O filme que assiti e que lembro ter me incomodado muito foi o "Ensaio sobre a Cegueira de Fernando Meirelles" (talvez este vídeo anime você ou quem sabe já viu e sabe do que estou falando). Claro que o livro é insuperável, mas o filme também é imperdível, desta vez a visão do autor sobre o texto é intensa e diz muito, imagens casam com o texto.

Será que precisamos estar cegos pra olhar pra dentro de nós, redescobrir os valores essenciais da vida e conhecer o pior do ser humano?

“... e serenamente desejou estar cega também, atravessar a pele visível das coisas e passar para o lado de dentro delas, para a sua fulgurante e irremediável cegueira”.

Comentários

  1. Tô louco pra ver...depois me conta...rs.

    beijos!

    Guilherme Bandeira

    ResponderExcluir

Postar um comentário