Será que são mais felizes?

Estive viajando para Ubá MG, voltei agora há pouco, e passei por algumas cidades que teimam ainda em estar num tempo passado. Lá nestas cidades parece que toda a tecnologia, toda globalização, toda tensão e stress da nossa era não conseguiu chegar. Sinto que o relógio lá é diferente e que o tempo passa mais devagar.
Por longos anos passei por esta cidadezinha, Ponte do Itabapoana  e ela esta praticamente do mesmo jeito... Hoje eu resolvi parar e fotografar, talvez pela confusão de sentimentos e emoções que sinto, talvez pra respirar e continuar minha viagem, talvez por razões que a própria razão desconhece ou ainda porque amo fotografar.
Olhei pro lado e vi uma senhora sentada, na frente de uma construção que com certeza já resistiu muitos anos, a beira do asfalto por onde passam apressados veículos. O olhar dela vai longe, viaja junto. Então eu fotografei sem ser notada, usando o zoom, bem rápida, pra captar o que ela estava olhando.
E a pergunta é: os moradores destas cidades perdidas no tempo será que são mais felizes que nós? 

Fotos: Luciana Fernandes

Comentários