Meus anéis de todo dia.

Inspirado no post de "um anel por dia" eu resolvi mostrar os meus anéis de estimação, de parecido com o post apenas o tema "anel", rsrs. Mas deu vontade de contar essa história.

Este é de prata, ouro e com uma pedra de ônix. Comprei na Ágatha Joias, quando ainda vendiam prata e estavam apenas começando a trabalhar comigo, isso tem.... uns 15 anos. Ele tá surradinho, eu sei, mas amo assim mesmo. É meio parte de mim, tiro a noite para dormir e coloco todos os dias cedo, ao me arrumar, uso na mão esquerda no dedo "pai de todos". Ele está imortalizado na capa do meu livro de poemas "Pentágono" (preciso postar sobre esse meu livro).

Esse outro, é bem novo, tem poucos meses, é de ouro (fosco e brilhante) com brilhantes e com uma pedra de Topázio fumê. Mais uma vez é da Ágatha Joias. O marcante pra mim é porque o uso. Ele está no dedo em que usei uma aliança, por alguns anos, e quando a tirei senti falta de ter algo naquele dedo. Ele veio pra ocupar um espaço, desta vez simbolizando um compromisso comigo mesmo, de uma nova vida. Pode ser que daqui a algum tempo ele ceda lugar a outra joia, naquele dedo, quem sabe?

Comentários