Dia das Crianças 2011.


A criança diz o que pensa, a criança faz o que imagina, para ela não existe limites, nada é verdadeiramente impossível. 
O seu amor é puro, verdadeiro, sincero. Ele existe ou não, não se força. 
O sorriso é sempre largo e farto, as risadas não encontram hora certa, sempre é a hora certa. 
A criatividade leva a Lua, o espaço ou pra dentro de um formigueiro, não importa... 
Não existem limites castradores para sua alegria, a sua felicidade resiste às coisas ruins.
As lágrimas vêm e vão embora, sempre na hora que se precisa delas pra não explodir, nem um segundo a mais.
A vontade de descobrir, de aprender, de desvendar o novo faz da criança um incansável cidadão da vida.

Esta é a minha criança - Laura - que não me deixa esquecer de nada disso e ainda faz a minha vida muito melhor de ser vivida.

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!!

Comentários

  1. O tema se contradiz com o texto. Você diz em seu texto que o dia de sua criança é todos os minutos de sua vida, com muito amor.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. boa noite Aclim,

    antes de mais nada obrigada pela visita, é sempre bom ter pessoas antenadas pelo blog.

    na verdade o título é uma homenagem ao dia das crianças sim, mas o texto é sobre a criança em si, todas, mesmo as que são mais passadinhas em anos mas verdadeiras crianças no coração.

    a minha criança é sim fonte de alegria constante e de inspiração, mas ela também não me deixa esquecer do quanto preciso exercitar na minha vida todas as características que falo no texto.

    abraços

    ResponderExcluir
  3. Que foto linda! Bigode de iogurte, eu adorava fazer isso na idade dela tbm rsrsrrs... FELIZ DIA DAS CRIANÇAS LAURINHA!

    ResponderExcluir

Postar um comentário