Marcas | Conheça as marcas que mudaram de cara em 2013.

 Algumas vezes a mudança é sutil, em outras muda-se o conceito completamente e tudo de se faz novo na marca. Confira algumas que animaram mudar de cara em 2013.
Em março, foi o Instagram que deixou para trás a tipografia vintage e investiu em um logotipo mais “atemporal”. O conceito foi explicado pelo designer Mackey Saturday, responsável pela reforma, em seu portfólio online: “A meta era ter um estilo mais refinado e duradouro, sem abandonar a nostalgia”.
Em abril, a rede social de Mark Zuckerberg alterou a identidade visual de todos os ícones internos pela primeira vez em anos. O símbolo ficou mais limpo e perdeu a faixa azul clara que aparecia na base da caixa. A letra F agora chega até a margem do logo.
Ainda no inicio do ano em janeiro, a marca de cosméticos promoveu um redesign global, alterando sua identidade visual e unificando as embalagens. A tradicional latinha azul, criada em 1924, serviu de inspiração para a agência Fuseproject reunificar a identidade visual da marca. É possível identificar uma similaridade em destaque com o passado e o presente, onde a tipografia inicial ainda permanece mas seu envolto foi modificado.
Em agosto, updates de aplicativos para Android e iOS reveleram um ícone mais clean para o YouTube. Branco e vermelho, o novo logotipo abandonou a tipografia preta. A versão atualizada apareceu ainda nos perfis oficiais da plataforma de vídeos nas redes sociais, que no entanto não abandonou completamente a simbologia antiga.
Após grande expectativa com direito a uma contagem regressiva global que criou 30 diferentes identidades visuais durante 30 dias. Como prometido, a Yahoo! apresentou seu novo logotipo, a cor roxa e o ponto de exclamação continuam. As reações iniciais, negativas, lamentaram a falta de ousadia nessa primeira mudança no visual após 18 anos. Mas mesmo assim transmite um novo momento da marca.
Em junho, a Motorola encerrou de vez com o seu “Hello Moto”. No redesign, o símbolo com o M abandonou o vermelho e preto e passou a mostrar um espectro de várias cores. Não foi à toa: agora, a Motorola é uma empresa do também colorido Google, e fez questão de incluir isso em sua simbologia.
A Microsoft também anunciou mudanças no logo de um produto importante. O Bing ganhou um redesenho em sua marca, deixando de lado o visual arredondado para ganhar um ‘b’ amarelo, que abre mão de sombras. “Uma nova identidade visual não acontece da noite pro dia”, afirmou em nota Scott Erickson, diretor sênior de marcas daMicrosoft. “Gastamos meses para atualizar o visual o Bing e aproximá-lo do novo visual da Microsoft.”


Comentários